Este Blog tem a finalidade de divulgar estudos e aprendizados espíritas, tendo por prisma de visão Allan Kardec.

Vendo a vida…

De noite é assim…

#

Vamos ver…

Quando o céu novamente se abrir

E tecer

Toda luz que amanhã há de vir

Todo sonho no chão florescer

Todo amor destruir o sofrer

E viver, pra todo ser…

Ser simplesmente um ato feliz

E o valor extrapolar da epiderme

E no cerne do peito uma canção

E o coração for o maestro maior

Á ditar toda rima, estrofe e refrão

E um poema vestindo compassos

Abraçando acordes abraços

Sem mormaços, desertos e solidão,

E a amizade floreios da emoção

E a razão,

Separando o joio do trigo

Reconstruindo castigados abrigos

Das relações,

Semeando novamente o ideal

Como um sal temperando a vida

Saciando a fome de um só

Que chegou bem depois no banquete

Oferecido pela fraternidade

Que tem por constituição o amor e a vida

E o valor de cada um é igual,

Ao de um sorriso que é se senha e se abre

Em poesia de ser e se dar

Por que o firmamento é Divino

E encanta todo menino que olha pelas frestas do telhado

O derramado de estrelas que lhe serve de teto…

E silente e quase sem fôlego imagina seus sonhos

Riscados de luz pelos dedos de Deus…

E a madrugada é uma manta que lhe encanta o pensar

E ele só descobre que dormiu,

Quando de novo o galo cantar

Então desperta sorrindo até pelo olhar

E dá bença pai, bença mãe e bença vó…

Já comendo pão de ló…

#

Ademário da Silva

22 de setembro de 2016…

 

 

Recomeços…

Coração recuperado…

!!!

Ali onde a dor não mais existe

Desamor morreu tão triste

Que deu pena da agonia  

E o dia como luz que não se apaga

Rezou brasas, sentou a mesa da vida que é semente,

Do sorriso e da alegria,

Olha o dia se fez mais dia que o dia mais ausente  

Chamou o vento pra dançar com o salgueiro

Fez um café mineiro e se pôs a prosear

Falou sobre a história dessa vida,

Cicatrizou toda ferida no seu jeito de falar…

Lembrou que a saudade é verso antigo

Quase mesmo um salmo bíblico

Pro coração cantarolar!

Chamou o povo com gosto novo de rimar

E viu de novo a esperança semear

E declarou escancarado num sorriso

Que a morte é mero aviso pra vida continuar… 

Que na verdade não há anjo promovido,

Pois talento encantado só pode ser chão semeado

Chamou meninos e meninas pra mostrar que toda rima

É só o jeito de versar…

Que Deus cria todo dia pra noite nos encantar

Todo planeta e cada estrela, cada cometa e quasar,

Moradia itinerante pra alma se apurar…

E o dia naquele instante nos falou da eternidade,

Essa verdade intrigante pra religião patentear…

E como dia já estava tarde, disse que depois voltava, 

Pois respeitar a natureza é obedecer à lei Divina 

Crepusculou a própria luz no casulo natural

Fez um verso de até logo misturando água e sal 

E lembrou-se da Ave Maria no templo Universal

E cada estrela que piscava era luz de rica rima,

E o dia como alma se encantava mistério acima

E a Terra repousava na penumbra mais Divina!

De mãos postas e luz acesa esse dia realeza se comprometeu com o amanhã

Trançando toda certeza na consciência de toda vida

Gratidão e fé na sua reza seu poema de amor

Piscou o olho e adormeceu nos braços do Criador!

#

Ademário da Silva…

17 de setembro de 2016.

 

 

 

FELIZ ANIVERSÁRIO ZAIDA

#

Zaida, minha sobrinha linda,

Que bom que seu aniversário

É hoje, sábado,

Dia de comer enrolado

E de preferência escondidinho 

Eu espero que tu estejas em casa

Desperta e atenta

Pra você em primeira instância

E pra essas rimas feito pimenta

Que te dizem no tête a tête

Vá ser feliz

Da melhor maneira  

Ao seu alcance

E nunca se canse por isso…  

#

Há momentos que duvido que Deus seja juiz

Eu o vejo como Pai Expectador  

Á nos tratar sempre com muito amor…

E tal como Jesus…

A Luz das nossas necessidades

Viva de verdade e sem medos

Não foi isso que Ele ensinou?  

#

Ame a tudo e a todos

Mas, nunca se esqueça de si.

No protagonismo do próprio destino

Feliz Aniversário

São os versos e votos

Do tio Ademário e da tia Cristina

Seja Feliz e muito feliz

Minha menina sobrinha…

#

Dois abraços bem apertados

Um meu e outro da tia

Seja feliz hoje e todos os dias…

#

Ademário da Silva

10 de setembro de 2016.

Passo e repouso

#

Laços e rezas

Sambas e terços

O fim e o começo 

No meio eterno

Infância e velhice

E tanta crendice

Sem açúcar e sem sal

O bem e o mal

Promessa e castigo

De olho no umbigo

Consome mais trigo

Que o seu semelhante

E ainda quer privilégios

Perdão sacrilégio

De seitas antigas

Primeiro a barriga

Depois intelecto

Olho por olho

E a humanidade se cega

Perdão ou vingança

Escolha ou refrega

Opta ao perdão

E o coração sobrevoa

Liberdade não anda atoa

A vingança é espinho constante

Na consciência errante

Cuja maldade ressoa

No sentimento e na atitude

Entre rezas e laços

Abraço e energia

O amor é quem te revela

Que a tua oração

Não tem preço de vela

É a tua aquarela

De amor e compreensão

Ame a todos na mesma medida

Pra viver sem ferida

De auto decepção

A vida é assim

Entre a dor e a alegria

Entre a fé e a heresia noites e dias

Verão e tempestade

Começo, meio e fim,

A verdade é uma

Não viva como a lua

De luz emprestada

Caminhe ciente

Que Deus é presente

Em toda jornada…

Em cada passo e repouso

Faça mais luz

Que vais precisar…

#

Ademário da Silva

08 de setembro de 2016…  

 

 

 

 

ESTUDOS DO LIVRO “LIÇÕES PARA A FELICIDADE” DIVALDO FRANCO E JOANNA DE ÂNGELIS – ESPÍRITO. 

Estudos feitos com base doutrinária do livro dos Espíritos – Allan Kardec // 18/04/1857

#

MUNDOS HABITADOS

Questão de nº 55. São habitados todos os globos que se movem no espaço?

  1. “Sim, e o homem terreno está longe de ser, como supõe, o primeiro em inteligência, em bondade e em perfeição.”

@&@

De acordo com a premissa admitida pela ciência que duas partículas portadoras da mesma carga de energia se equilibravam no espaço, quando uma delas apresentou alteração, produziu-se o grande choque, do qual as moléculas que se encontravam aglutinadas se expandiram pelo universo, dando lugar, a partir daí, ao surgimento do Cosmo.

A cada instante, porém, esse Cosmo experimenta contínuas e incessantes alterações defluentes do surgimento de novas galáxias, assim como de outras que absorvidas pelos buracos negros.

Sob outro aspecto, esse Universo relativo está circunscrito a uma área quase infinita de onde as moléculas que já alcançaram sua borda retornam, produzindo os Nesse turbilhão de sistemas, uns que nascem e outros que morem, a vida constitui o grande desafio para o entendimento limitado da criatura humana.

Considerando a causalidade única do ponto de vista físico de todos os sistemas, é compreensível que se tenha em mente que as moléculas que os compõem são todas provenientes da massa inicial. Portanto, com a carga de iguais elementos, variando apenas o tempo gasto na sua expansão, condensação e organização molecular.

Depreende-se daí, que a vida ser-lhes-á um fenômeno natural e inevitável, se examinada somente pela realidade da organização molecular, dependendo, por efeito, dos fatores de sua própria constituição.

Mesmo do ponto de vista materialista, como pretendem aqueles que assim se comportam, o surgimento dos seres resulta do automatismo dessas aglutinações, propiciando a existência de vida nos mais variados e remotos elementos, assim como nos mais próximos do  da Grande Explosão.

Por que se pensar, então, na exclusividade de vida na Terra, já que, á semelhança de outros sistemas, a sua origem deu-se na mesma ?

Assevera-se então, que os fatores próprios á sua existência não existem em outros globos, o que carece de fundamento, por que a vida não se apresenta apenas conforme o padrão terrestre, senão de acordo com as ocorrências  que lhes propiciam formas e constituições específicas ao processo de evolução infinita.

Ademais, no turbilhão dos astros que gravitam prisioneiros dos seus centros de atração, são inumeráveis aqueles que possuem, ou possuíram, ou possuirão as mesmas condições favoráveis ao padrão atual de vida e de que a Terra se faz possuidora.

Assim, portanto, á sua semelhança, em incontáveis deles houve vida igual a terrestre, estará havendo ou haverá, porquanto, no infinito do tempo e do espaço, nada permanece inativo ou sem finalidade.

Deus, porém, é a Causa Única do Universo.

Dê-se Lhe o nome que melhor se adapte ao conceito filosófico que se desfrute, não se Lhe pode fugir á Realidade.

Quando se analisa a Grande Explosão, por exemplo, como sendo a desencadeadora da expansão nuclear das moléculas, defronta-se de imediato, com efeito, já existente a apresentar fenômeno, e cuja origem perde-se no infinito das  excogitações, no qual está o Criador Incriado.

Uma análise cuidadosa da informação bíblica velada, assim como de outras Doutrinas de recuadas épocas, extraídas as concepções  naturais e os de interesses de grupos de teólogos, assim como de políticos e de paixões nacionais, encontramos o  conceptual que corresponde aos dados de  e da , que confirmam as sucessivas etapas do processo criador, culminando com o surgimento de ser humano, o mais recente de todos os fenômenos nessa evolução…  

Substituindo-se o conceito de dia pelo de Era geológica, teremos um estudo muito próximo das constatações da Ciência, no que diz respeito ao sistema solar e ao planeta terrestre. 

(Falar sobre os 7 dias da Criação, exposta na Gênese Mosaica()

Neste majestoso turbilhão de galáxias que exaltam a glória da Criação Divina, a vida estua indestrutível, propiciando ao Espírito, nas mais diversas faixas de desenvolvimento, a augusta oportunidade de si mesmo e do Pai, em cujo rumo avança através das infinitas etapas da reencarnação.

Dessa forma o privilégio em torno da vida apenas na Terra cede lugar á misericórdia de Deus, enriquecendo todo o Cosmo com a mensagem de amor em forma de seres variados que Lhe são filhos muito amados.

Nada, portanto, destruído de finalidade e objetivo na Casa do Pai, com as suas incontáveis moradas, conforme acentuou Jesus com lucidez incomum, antes com propósitos definidos, facultando o infinito crescimento de tudo e de todos na direção da perfeição relativa que lhes está destinada.

A vida  prazenteira e feliz em toda parte, propiciando harmonia e beleza em variadas manifestações para a glória do Espírito andarilho das estrelas.

Saber utilizar desse conhecimento através da inteligência e do sentimento, transformando-se sempre para melhor e auto iluminando-se constitui desafio que se tem pela frente, aprendendo para errar menos, resgatando o erro a fim de fixar a aprendizagem quando foi equivocada, e sempre conquistando o amor para melhor sintonizar com as forças vivas que se agitam em toda parte.

A vida inteligente, portanto, patrimônio do Pai Criador, exulta no Universo, ensejando concepções inimagináveis, que são poemas ricos de bênçãos de paz e de plenitude.

Não apenas com a mesma constituição se expressa a vida nos variados campos existenciais.

Desde a sua realidade como princípio inteligente que habita os espaços siderais, sem necessidade do físico até as construções mais grosseiras da matéria que lhe serve de domicilio transitório para a evolução, o Espírito se sublima através do carreiro das reencarnações.

Conforme seja sua constituição mesológica e como se manifestem os fenômenos de luz e calor, em qualquer lugar do Cosmo a Vida responde com formas e manifestações próprias para esse habitat, especial na escala dos mundos por onde rumam os Espíritos na direção de Deus.

#

Estudo para o dia 1º de outubro de 2016 no Grupo Primeiras Letras.

Facilitador de estudos Ademário da Silva.

#

Vocabulário…

Quasares azuis= s.m. (ing. quasi stellar body, “corpo estelar”). Corpo que tem ampla aura e emite poderosa luz azul e ondas radioativas.

Inorgânicos= Diz-se dos corpos desprovidos de vida não organizados, que só se podem desenvolver por justaposição, como os minerais.

Orgânicos= Que diz respeito aos órgãos, à organização, a seres organizados. Química Moléculas ou elementos orgânicos, as partes mais simples dos corpos em que se pode obter uma divisão sem decomposição química. Inerente, profundamente arraigado.

Fulcro= Sustentáculo; o que oferece apoio, sustentação: o fulcro de um relógio.[Brasil] O ponto mais relevante, imprescindível de: o fulcro do problema.[Figurado] Ponto que apoia, que sustenta: a miséria foi o fulcro do protesto.[Por Extensão] Numa alavanca, o elemento usado como sua base, seu ponto de apoio.[Por Extensão] Numa balança, o que é usado como base para o travessão.[Botânica] O tem função de sustentar ou de proteger as plantas.[Zoologia] Nos insetos, a estrutura composta por quitina que faz parte da base do rostro, prolongamento.(Etm. do latim: fulcrum.i)

Geleia molecular= [Biologia] Genética. Ramo da Biologia que estuda o desenvolvimento dos seres vivos a nível molecular, com foco no estudo da estrutura, composição e função do material genético, estando relacionada com outras disciplinas como a Genética, a Microbiologia, a Citologia e a Bioquímica.

Mesológicas= ·  adj. Que se relaciona a mesologia (condições do meio ambiente); ecologia. (Etm. mesologia + ico)

  • mesologia s.f. Estudo das relações entre os seres e o meio ou ambiente.

Excogitações= Ato ou efeito de excogitar.(lat excogitatione)

Sinônimos de Excogitação:

Excogitação é sinônimo de: inventiva, invento, imaginativa

Incriado= adj. Que existe sem ter sido criado.

Míticas= Que se refere ou pertence ao mito: livro mítico. Que se baseia ou se desenvolve através de um mito. Próprio e particular do mito; que pode se assemelhar ao mito; fabuloso ou lendário: uma teoria mítica sobre as relações pessoais. (Etm. do latim: mythicus.a.um/ mit(o) + ico)

Sinônimos de Mítico= : fabuloso, fantástico, lendário

Enxertos= ·  v.t.d. e v.bit. Realizar um enxerto em; transferir uma célula ou tecido de um local para outro, num mesmo indivíduo: enxertou pele…

enxerta sf (der regressiva de enxertar) 1 Bot Operação de enxertar; enxertia. 2 Variedade de azeitona.

Arquétipo= O modelo que se utiliza como exemplo para; padrão: a Madre Teresa de Calcutá é o arquétipo da bondade.[Por Extensão] Todo e qualquer tipo de padrão ou modelo; paradigma.[Por Extensão] Modelo caracterizado por sua perfeição, excelência e superioridade.[Filosofia] Platão. Ideia ou modelo originário utilizado como padrão (origem e princípio) para se explicar os objetos sensíveis.[Teologia] Designação atribuída ao criador do universo, dos seres e todas as coisas; Deus.[Psicologia] C.G. Jung. Aquilo que está no âmbito do consciente coletivo e tende a ser compartilhado por toda a humanidade.(Etm. do grego: arkhétypon/ pelo latim: archetypum.i/ pelo francês: archétype)

Paleontologia= Ciência que estuda os animais e vegetais fósseis, principalmente através dos traços deixados nos sedimentos geológicos.

Cosmogonia contemporâneos= Teoria da formação do universo. Ciência que trata da formação dos objetos celestes (planetas, estrelas, sistemas de estrelas etc.).

Era geológica= era s.f. Época fixa, da qual se começam a contar os anos. Fig. Época notável em que se estabelece uma nova ordem de coisas: a era…

Estua= Estar muito quente, ferver. Agitar-se.[Figurado] Estar ardente, pleno de vigor, de força: a paixão estuava-lhe no peito.

Sinônimos de Estuar  Estuar é sinônimo de: arder, ferver

 Formidando= adj.Pavoroso; que causa medo; que provoca pavor; que tende a ser terrível.(Etm. do latim: formidandus.a.um)

Sinônimos de Formidando

Formidando é sinônimo de: pavoroso, extraordinário, terrível, tremendo, enorme

Antônimos de Formidando:

Formidando é o contrário de: formoso, bom

Anatomofisiológica= adj. Med. Que estuda simultaneamente a anatomia e a fisiologia de determinado órgão ou aparelho. Pl: anatomofisiológicos.

Invólucro= Envoltório; o que tem capacidade ou é usado para cobrir e envolver algo.[Botânica] Conjunto de brácteas, dos órgãos foliáceos que estão reunidos ao redor da base de uma flor ou de uma inflorescência.(Etm. do latim involucrum)

Sinônimos de Invólucro

Invólucro é sinônimo de: envoltório, envólucro, involutório, revestimento, cobertura

Teólogos= adj. Que se dedica a teologia; teológico. s.m. Indivíduo que se especializou em teologia. P.ext. Pessoa que estuda teologia…

Janaína, menina de oyá!

#

Janaína nainá

Tens a vida pra viver

E o tempo pra levar

Tens o hoje pra fazer

Pois o ontem já se foi

E o amanhã inda vai chegar!

Janaína nainá

Mais que tudo se amar

Fortalece o seu sentir

E ilumina o seu pensar

Proteção é ter coragem

Na viagem evolução

Janaína nainá

Outros ventos vão soprar

Coloque o seu perfume

Na janela pra espalhar

Quem te ama precisa ser

A luz de acompanhar

Brisa brinca de braços dados

Com o vento, sol e mar,

Amainando ansiedades

Temperando as esperanças

De quem sonha obedecer e recriar

Janaína nainá

Põe os pés nesse terreiro

Que a poeira vai levantar

Não tem vento traiçoeiro

Nem mandinga de errar

A cantiga é sensitiva

E o conselho é se cuidar

O universo é tua estrada

Teu oásis é o mar

Teu caminho será de flores

Se você bem se cuidar

Erva daninha a gente arranca

Para a dor não se abancar

Não te espante esse momento

Olha, o sol vai fecundar,

Sementes de amar sem tempo truncado

A paciência é o bom bocado

Receba meus versos com alegria

Pelo ano novo que inicia

Em setembro você aniversaria

E o amor te reverencia!

#

Ademário da Silva

02 de setembro de 2016…

 

 

 

ESTUDOS MENSAIS SOBRE O LIVRO LIÇÕES PARA A FELICIDADE

#

DIVALDO FRANCO // JOANNA DE ANGELIS = ESPÍRITO

#

LIÇÕES PARA A FELICIDADE

#

Considerando alguns efeitos perturbadores ocasionados pela moderna globalização, tais como: o excesso de informações repentinas que não pode ser assimiladas pela  razão e nem pela emoção, a violência e a crueldade que esfacelam os sentimentos humanos, a ansiedade que atinge níveis insuportáveis, o medo aterrador, a síndrome do pânico, a miséria socioeconômica em incontáveis lares, as enfermidades cardiovasculares, não se excluindo aqueloutras que decorrem de fatores  endógenos e de fatores de contaminação, verificamos que o progresso intelectual e tecnológico não resolveu as necessidades internas essenciais do ser humano.

Projetado na direção das galáxias, ele não conseguiu sair das charnecas morais onde se detém inquieto, contemplando as estrelas e, sofrido, arrastando-se pelo alagadiço das paixões primevas.

O excesso de notícias rápidas, mais detalhadas quando de referência ao crime e a hediondez, produz desgaste emocional, quase sempre desequilibrando o indivíduo, que se torna indiferente ante o que sucede no mundo ou se equipa de violência para defender-se, sem a necessária sabedoria para administrar-lhe o conteúdo, a fim de ficar em paz.

A predominância da sordidez de caráter em alguns segmentos humanos e sociais, vem respondendo pelos transtornos de comportamento de não pequena cota de pessoas sofredoras.

O contínuo combate contra os valores morais, dando-se primazia ao vulgar, ao chulo, ao perverso e primitivo, com a constante exibição do sexo em desalinho, da exaltação das drogas, da musculação física e da esbelteza exagerada, aturde, gerando inquietações profundas e distonias prejudiciais.

Concomitante, o bruxuleio da fé em milhões de existências que se libertaram os conceitos ortodoxos das religiões majoritárias, ou buscam a confiança em Deus, fanaticamente, por meio de ardis comportamentais para resolverem os seus problemas existenciais e conseguirem destaque na sociedade, transformam-se em fatores de perturbação e agressividade, ao invés de segurança e de consolação.

A fé verdadeira, quando apoiada na razão e direcionada para os nobres objetivos da vida, constitui-se porto de repouso e nau que ajuda a singrar os pélagos vorazes dos tumultuados oceanos do processo evolutivo. 

É natural que as antigas colocações religiosas, estribadas na fé cega e impostas sem o direito de análise, estruturadas na imagem de um Deus vingador e mais cruel que Seus filhos, cedessem lugar á descrença, á indiferença. No entanto, seria de esperar que fossem substituídas por formulações novas e atuais, compatíveis com as conquistas da Ciência, da Razão. Isso, porém, não ocorreu, conforme teria sido ideal.

Por consequência, muita falta faz ao ser humano o conhecimento da doutrina cristã em suas origens, das mensagens de Jesus em sua pulcritude, da comunhão mental com o dever, tornando-se ação equilibrada do dia-a-dia existencial.

O mundo encontra-se em terrível luta neste momento histórico, exigindo decisão lúcida de cada Espírito reencarnado, a respeito de como conduzir-se, a fim de fruir de harmonia, o que não lhe tem sido fácil por desconhecer os roteiros propiciatórios ao êxito do cometimento.

Torna-se necessária uma nova proposta espiritual, que já se encontra na Terra, desde o ano de 1857, quando da publicação de o Livro dos Espíritos, por Allan Kardec.

As lições que apresentamos neste livro não constituem elementos mágicos para que se alcance de imediato a plenitude.

São, porém, sugestões saudáveis, convidando as pessoas a um revisão da própria existência e a uma releitura do Evangelho com visão mais abrangente e moderna estribada na realidade dos dias que passam.

Utilizamo-nos de questões abordadas no referido O Livro dos Espíritos(*), de Allan Kardec, que procuramos comentar, ampliando-lhes o precioso conteúdo, a fim de mais eficazmente ser utilizado como recurso valioso de reflexão e de conduta.

Na  questão de nº 920, da obra em tela, por exemplo, o insigne codificador apresentou oportuna interrogação aos desencarnados Benfeitores da Humanidade, que lhe responderam, conforme segue:

Pode o homem gozar de completa felicidade na Terra?

“Não, por isso que a vida lhe foi dada como prova ou expiação. Dele, porém, depende a suavização de seus males e o ser tão feliz quanto possível na Terra.”

É verdade, que não se pode desfrutar de felicidade plena durante a jornada carnal, no entanto, por meio dos atos morais cada pessoa pode atenuar as aflições que decorrem das experiências  infelizes originadas em suas existências transatas.

Mediante a orquestração de pensamentos salutares, de leituras edificantes, de aprendizagem enobrecida, de convivência harmônica ao lado de outros indivíduos, conseguirá programar o futuro feliz, libertando-se, a pouco e pouco, do pessimismo, das angústias e aflições, bem como das dificuldades que o desafiam, sabendo como administrá-las.

Todo esse arsenal de instrumentação encontra-se na Doutrina Espírita, que atualiza o pensamento de Jesus, conforme Ele o prometera, abrindo espaços mentais e emocionais para novas conquistas e realizações libertadoras.

*

Consciente de haver feito o melhor do quanto se encontra ao meu alcance, ofereço, no amanhecer do Novo Ano, aos gentis leitores o presente livro, que foi elaborado com oportunas lições para a conquista da felicidade relativa que se pode adquirir na Terra.

Salvador, 1º de janeiro de 2003.

Joanna de Ângelis.

#

Vocabulário:

Esfacelam: Causar ou provocar esfácelo, isto é, gangrena. / Estraçalhar, destruir; estragar.

 Fatores  endógenos: Significado de doença = //Doença é um conjunto de sinais e sintomas específicos que afetam um ser vivo, alterando o seu estado normal de saúde. O vocábulo é de origem latina, em que “dolentia” significa “dor, padecimento”. Em…

Significado de Cultura

Cultura significa todo aquele complexo que inclui o conhecimento, a arte, as crenças, a lei, a moral, os costumes e todos os hábitos e aptidões adquiridos pelo ser humano não somente em família, como…

Primevas. : Primitivas, relativo aos tempos primitivos; Antigo.

Alagadiço: Pantanoso, paludoso. Solo úmido e pesado, que serve para cultivo de arroz.

Charnecas: Terreno árido e inculto, onde só medram plantas rasteiras e silvestres (estevas, fetos, giestas etc.).

Sordidez: Estado daquilo que é sórdido; imundície, sujidade. Baixeza, vileza, indignidade: não se envergonha de sua sordidez. Avareza sórdida.

 Primazia: Cuja categoria é superior; que se apresenta de modo excelente; excelência. Que está em primeiro lugar; que ocupa um cargo importante. Que detém a primeira colocação; que ocupa esse primeiro lugar. Em que há prioridade; que se encontra em primeiro.

Distonias: Contração que afeta de modo regular um ou vários músculos ou membros e, por vezes, o eixo corporal, e que se inicia com um movimento voluntário ou por se estar numa posição fixa, desaparecendo com repouso. Distonia neurovegetativa, perturbação do funcionamento dos sistemas simpático e parassimpático, causadora de sintomas múltiplos.

Concomitante: Simultâneo; que acontece ao mesmo tempo que outra coisa. Que pode existir, ao mesmo tempo, com outra(s) coisa(s).Cuja evolução se desenvolve em conjunto com outra coisa. Acústica. Diz-se do som, menos importante, paralelo ao som principal.[Medicina] Que se apresenta, em conjunto, com os indícios e sintomas próprios de uma doença; diz-se do sintoma. Catolicismo. Diz-se da bênção concedida ao homem no momento em que ele age. s.m. Aquilo que acorre ao mesmo tempo com outra(s) coisa(s).

Bruxuleio: Ato de bruxulear. Brilhar tremulamente (luz de lamparina, vela etc.); tremeluzir. Brilhar fracamente; estar prestes a extinguir-se (a luz).

Ortodoxos: Rigoroso; quem segue estritamente as normas e/ou regras estabelecidas por uma religião, ideologia, filosofia, política ou…

Pélagos vorazes : vorazmente adv. De modo voraz; em que há voracidade. (Etm. voraz + mente)

voraz adj. Que é capaz de devorar apressadamente e mastigando mal para engolir a maior quantidade possível; que não se sacia com…

Estribadas: estribado adj (part de estribar) 1 Firmado em estribo, ou apoiado em qualquer objeto. 2 Baseado, fundamentado.

estribar v.i. Meter os pés nos estribos: o vaqueiro estribava curto, com as pernas encolhidas. — V.t. Firmar, segurar, assentar,…

Pulcritude: pulcritude s.f. Utilização formal. Característica do que ou de quem é pulcro (belo); beleza e/ou formosura: uma obra que relata a pulcritude…

Cometimento: Ato ou efeito de cometer. O ato cometido. Intento arrojado.

façanha, empreendimento, empresa

Transatas: transato adj. Que já passou; antecedente, pretérito.

Arsenal: Nome das fábricas de armas e munições de guerra. Centro de construção e reparação dos navios de guerra. Grande quantidade de armas: a polícia descobriu um arsenal clandestino. [Figurado] Tudo que fornece meios de ataque ou defesa: o arsenal das leis.

Responsável pelo estudo: Ademário da Silva

São Paulo, 21 de agosto de 2016.