Este Blog tem a finalidade de divulgar estudos e aprendizados espíritas, tendo por prisma de visão Allan Kardec.

CAMINHO, VERDADE E VIDA

FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER

DITADO PELO ESPÍRITO EMMANUEL

11

CONFORTO

“Se alguém me serve, siga-me. ” — Jesus. (JOÃO, capítulo 12, versículo 26.)

 

Frequentemente, as organizações religiosas e mormente as espiritistas, na atualidade, estão repletas de pessoas ansiosas por um conforto.

De fato, a elevada Doutrina dos Espíritos é a divina expressão do

Consolador Prometido. Em suas atividades resplendem caminhos novos para o pensamento humano, cheios de profundas consolações para os dias mais duros.

No entanto, é imprescindível ponderar que não será justo querer alguém confortar-se, sem se dar ao trabalho necessário…

Muitos pedem amparo aos mensageiros do plano invisível; mas como recebê-lo, se chegaram ao cúmulo de abandonar-se ao sabor da ventania impetuosa que sopra, de rijo, nos resvaladouros dos caminhos?

Conforto espiritual não é como o pão do mundo, que passa, mecanicamente, de mão em mão, para saciar a fome do corpo, mas, sim, como o Sol, que é o mesmo para todos, penetrando, porém, somente nos lugares onde não se haja feito um reduto fechado para as sombras.

Os discípulos de Jesus podem referir-se às suas necessidades de conforto. Isso é natural. Todavia, antes disso, necessitam saber se estão servindo ao Mestre e seguindo-o. O Cristo nunca faltou às suas promessas.

Seu reino divino se ergue sobre consolações imortais; mas, para atingi-lo, faz-se necessário seguir- lhe os passos e ninguém ignora qual foi o caminho de

Jesus, nas pedras deste mundo.

#

Resumo:

#

“Se alguém me serve, siga-me. ” — Jesus. (JOÃO, capítulo 12, versículo 26.)

Doutrina dos Espíritos é a divina expressão do

Consolador Prometido.

Conforto espiritual não é como o pão do mundo

Os discípulos de Jesus podem referir-se às suas necessidades de conforto. Isso é natural. Todavia, antes disso, necessitam saber se estão servindo ao Mestre e seguindo-o. O Cristo nunca faltou às suas promessas.

Seu reino divino se ergue sobre consolações imortais;

Necessário seguir- lhe os passos.

#

Comentários:

O conforto do mundo é a literalmente a ilusão dos sentidos…

Por que a vida por aqui é impermanente, o que não quer dizer que temos que abandonar toda expressão de conforto.

Ponderar sobre nossas reais necessidades físicas e principalmente as espirituais.

Jesus não teve sequer uma pedra para apoiar a cabeça durante o repouso.

Viver com Jesus e para Ele não é fazer opção pela miséria, mas compreender os percalços do caminho, sem se abespinhar ante as adversidades.

“Conforto espiritual não é como o pão do mundo. ”

Como nos ensinou Paulo de Tarso: “ Tudo me é lícito, mas nem tudo me convém”.

O que quer dizer que conforto excessivo, que se nos exige o esfolar-se no trabalho e abdicar-se do aprendizado espiritual.

A simplicidade é a verdadeira medida de vida demonstrada por Jesus.

“Se alguém me serve, siga-me. ” — Jesus. (JOÃO, capítulo 12, versículo 26.)

Seguir Jesus é impregnar a própria alma dos seus ensinos e vivê-los segundo o aprendizado já conquistado.

Servi-lo é colocar suas medidas em nossos atos e vontades.

Isso nos demonstra que o conforto do mundo pode significar perda de tempo.

O tempo que vivemos é a sala de aula necessária. Aprendamos com a devida dignidade para que não nos decepcionemos conosco mesmo nos ajustes conscienciais.

#

Ademário da Silva.

19 de setembro de 2015.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: