Este Blog tem a finalidade de divulgar estudos e aprendizados espíritas, tendo por prisma de visão Allan Kardec.

 

Maternidade –

#

Mensagem 50 do livro O Espírito da Verdade, psicografado por Francisco Cândido Xavier e Waldo Vieira, tendo como autores espíritos diversos….

Cap. XIV – Item 1

#

CAPÍTULO XIV

HONRAI A VOSSO PAI E A VOSSA MÃE

#

Piedade filial. – Quem é minha mãe e quem são meus irmãos? – Parentela corpórea e parentela espiritual. – Instruções dos Espíritos: A ingratidão dos filhos e os laços de família.

#

  1. Sabeis os mandamentos: não cometereis adultério; não matareis; não roubareis; não prestareis falso-testemunho; não fareis agravo a ninguém; honrai a vosso pai e a vossa mãe. (S. MARCOS, capítulo X, v. 19; S. LUCAS, cap. XVIII, v. 20; S. MATEUS, cap. XIX, vv. 18 e 19.)
  2. #

Honrai a vosso pai e a vossa mãe, a fim de viverdes longo tempo na terra que o Senhor vosso Deus vos dará. (Decálogo: “Êxodo”, cap. XX, v. 12.)

#

Piedade filial

#

  1. O mandamento: “Honrai a vosso pai e a vossa mãe” é um corolário da lei geral de caridade e de amor ao próximo, visto que não pode amar o seu próximo aquele que não ama a seu pai e a sua mãe; mas, o termo honrai encerra um dever a mais para com eles: o da piedade filial. Quis Deus mostrar por essa forma que ao amor se devem juntar o respeito, as atenções, a submissão e a condescendência, o que envolve a obrigação de cumprir-se para com eles, de modo ainda mais rigoroso, tudo o que a caridade ordena relativamente ao próximo em gera! Esse dever se estende naturalmente às pessoas que fazem as vezes de pai e de mãe, as quais tanto maior mérito têm, quanto menos obrigatório é para elas o devotamento. Deus pune sempre com rigor toda violação desse mandamento.

#

Honrar a seu pai e a sua mãe, não consiste apenas em respeitá-los; é também assisti-los na necessidade; é proporcionar-lhes repouso na velhice; é cercá-los de cuidados como eles fizeram conosco, na infância.

###

 

Maternidade….

#

 

Vemos em cada manifestação da Vida determinada meta de desenvolvimento, qual anseio do próprio Deus a concretizar-se.

#

Na Criação, o clímax da grandeza.

Na caridade, o vértice da virtude.

Na paz, a culminância da luta.

No êxito, a exaltação do ideal.

Nos filhos, a essência do amor.

No lar, a glória da união.

#

De igual modo, a maternidade é a plenitude do coração feminino que norteia o progresso.

Concepção, gravidez, parto e devoção afetiva representam estações difíceis e belas de um ministério sempre divino.

Láurea celeste na mulher de todas as condições, define o inderrogável recurso à existência humana, reclamando paciência e carinho, renúncia e entendimento.

#

Maternidade esperada.

Maternidade imprevista.

Maternidade aceita.

Maternidade hostilizada.

Maternidade socorrida.

Maternidade desamparada.

#

Misto de júbilo e sofrimento, missão e prova, maternidade, em qualquer parte, traduz intercâmbio de amor incomensurável, em que desponta, sublime e sempre novo, o ensejo de burilamento das almas na ascensão dos destinos.

Principais responsáveis por semelhante concessão da Bondade Infinita, as mães guardam a chave de controle do mundo.

#

Mães de sábios…

Mães de idiotas…

Mães felizes…

Mães desditosas…

Mães jovens…

Mães experientes…

Mães sadias…

Mães enfermas…

#

Ao filtro do amor que lhes verte do seio, deve o Plano Terrestre o despovoamento dos círculos inferiores da Vida

Espiritual, para que o Reino de Deus se erga entre as criaturas.

#

Mães da Terra! Mães anônimas!

Sois vasos eleitos para a luz da reencarnação!

#

Por maiores se façam os suplícios impostos à vossa frente, não recuseis vosso augusto dever, nem susteis o hálito do filhinho nascente – esperança do Céu a repontar-vos do peito! …

Não surge o berço em vosso coração por acaso.

#

Mantende-vos, assim, vigilantes e abnegadas, na certeza de que se muitas vezes cipoais e espinheiros são vossa herança transitória entre os homens, todas vós sereis amparadas e sustentadas pela Bênção do Amor Eterno, sempre que marchardes fiéis à Excelsa Paternidade da Providência Divina.

#

André Luiz

###

Maternidade! ….

#

Vemos em cada manifestação da Vida determinada meta de desenvolvimento, qual anseio do próprio Deus a concretizar-se.

#

Mulher, irmã, amiga, que trazes no ventre o DNA da evolução do mundo, atente para a responsabilidade que o Pai te confere como um talento de luz a ser disseminada nos campos da reencarnação, como na parábola magnífica e transformadora a cingir-te o semblante da alma com o designer do amor que tudo pode, de modo irrestrito, bondoso e sacrificial, nas tarefas de burilamento espiritual, que nos permite sonhar com um mundo de regeneração….

#

Mãe…. criação, caridade, paz, êxito, filhos, lar, …. São atributos, condutas e atitudes de fé e confiança em Deus, na vida e no tempo que a eternidade te outorga em módulo impermanente nas terras de provas e expiações, para que nós todos, indistintamente, tenhamos a oportunidade no prisma de justiça e misericórdia que o Grande Arquiteto do Universo nos oferece, afim de que a tarefa de evolução seja a rotina laboriosa das reencarnações necessárias a esse desiderato….

#

De igual modo, a maternidade é a plenitude do coração feminino que norteia o progresso.

Concepção, gravidez, parto e devoção afetiva representam estações difíceis e belas de um ministério sempre divino.

Láurea celeste na mulher de todas as condições, define o inderrogável recurso à existência humana, reclamando paciência e carinho, renúncia e entendimento.

#

Mãe…. Concepção, gravidez, parto e devoção afetiva são condições e condutas a revelarem-te o caráter, a personalidade, a moral e os ideais sublimes que a obediência e a resignação incrustadas em sua consciência pelo Pai da Vida, por confiar em ti, mulher e mãe, na execução de seus planos de aperfeiçoamento luminífero da vida em toda infinitude do universo.

Eis que sua tarefa nas mais das vezes se apresenta na porta estreita de sacrifícios e anulações, traduzidas pelo abandono do companheiro ao qual confiaste a tua intimidade e integridade emotiva, sentimental, psicológica e espiritual, sem que ele tenha entendido, ou se encontraste despreparado para tal investimento espiritual, relegando-te a condição de solitária guerreira na luta por sua sobrevivência e também do rebento inocente e indefeso que carregas hoje no colo…. Segue, que Deus, o Pai Perfeito e Todo Bondoso, teus os olhos eternos focados em ti mãe, por que tu és ferramenta transformadora, renovadora em seus planos divinos de iluminar todos seus filhos nas salas de aula da reencarnação….

#

Mãe, a maternidade esperada, imprevista, aceita, hostilizada, socorrida, desamparada, são títulos humanos, de valores mal amoedados pela moral da verdadeira liberdade espiritual que todos ansiamos na senda da fé e da caridade fraterna em que todos estamos envolvidos, mas nem todos cumprimos em face de irresponsabilidades que ainda caracterizam nossas fugas espetaculares, mas inúteis como se pudéssemos enganar a vida, o tempo e o Pai….

#

Principais responsáveis por semelhante concessão da Bondade Infinita, as mães guardam a chave de controle do mundo.

#

Mães de sábios…

Mães de idiotas…

Mães felizes…

Mães desditosas…

Mães jovens…

Mães experientes…

Mães sadias…

Mães enfermas…

#

Mulheres mães…. Eis a grandeza espiritual de seus labores morais, desditosos, as vezes conflitantes, mas foi através de você mãe que vieram ao mundo os grandes pensadores, os médicos, os engenheiros, os cientistas, gurus e religiosos verdadeiros, Moisés, Jesus e Alan Kardec, como também espíritos necessitados de corretivos de pensamento e conduta….

Eis Mãe, o grau de confiança de Deus em ti….

#

Mães da Terra! Mães anônimas!

Sois vasos eleitos para a luz da reencarnação!

#

Mães da vida, mães ‘solteiras’, salientando que a mulher não concebe sozinha, mães do tempo, mães da luz e das sombras, posto que a evolução espiritual traz a atitude individual como emblema de responsabilidade de cada um….

Então mãe, não se turbe o vosso coração nas pedras e sombras do caminho, por que nos portais da luz evolutiva é Deus quem te aguarda para te embalar nos eflúvios de gratidão e amor por sua coragem e determinação….

#

Que sejam abençoadas todas as mães do mundo….

#

Ademário da Silva.

03/abril/2015.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: