Este Blog tem a finalidade de divulgar estudos e aprendizados espíritas, tendo por prisma de visão Allan Kardec.

A minha idade!

#

A vida é uma dádiva Divina

Descobrir seus segredos é o que a idade permite

Não existe velhice

Na medida que você atravessa o tempo

Cada momento é especial e elucidativo

Ainda outro dia eu era um molequinho

E a cada ano descobria a alegria para rir da tristeza

Nos quintais do tempo cada momento uma lição

Com cromossomos emprestados por meus pais

Já dava para saber que ninguém permanece

Ainda que se some todas as preces

E como cantou o Jorge Aragão, que também veio dia primeiro de março

“Moleque, malandro, capoeira e mulato”

Demorei para me dar conta de que a vida é um fato

Espiritual impermanente

Em cada idade uma escola, um namoro as vezes sem muito esmero

As vezes ilusão sem tempero, uma luz em cada passo

Afinal atravessar o túnel no escuro ninguém merece

Os mestres da escola, da profissão e do samba

A história da vida as vezes em bocas esquisitas

E as idades graduando meu senso

Pelo menos é o que penso

Passei pelos trintas e cheguei no sessentas

E a minha cabeça já anda mais tão marrenta

E o meu ainda esfrego na luz para ver se ele aprende

Que diante da vida ninguém se impõe, mas não tem que se curvar

Você faz o que Deus te pede sem precisar escalar o Everest

Mas, pelo caminho da vida você encontra os amores, os amigos e os afetos

E cada amigo e amiga é como uma espiga de bom milho para ressemear

Nos meus versos, minhas rimas e abraços

Os meus amores, minha preta Cristina

Minhas filhas, meu filho e meus netos

Meu teto, meu cais ancoradouro

Os amores de longe e os de afinidade

Os presentes, os distantes e os virtuais

Os amigos espirituais e os espíritos familiares

Cada um e uma que de mim se lembra no meu dia

E me oferece uma prece e uma emoção

Um abraço, um beijo e um desejo de evolução

Eu prometo que um dia aprendo e me aprumo

No rumo que Deus me deu….

#

Grato a todos que me ajudam a viver

Agradeço também a Deus por vocês existirem

E ainda se importarem comigo

Os meus versos, meu canto e os meus sorrisos.

Que Deus abençoe ao cêntuplo cada de vocês

E saibam que os amo no tato e no virtual

Por que são em minha vida

A luz, o amor, o sol e o sal!

#

Beijos e abraços de impressionar a alma e o coração.

Ademário da Silva

02 de março de 2015

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: