Este Blog tem a finalidade de divulgar estudos e aprendizados espíritas, tendo por prisma de visão Allan Kardec.

Poço de rimas, rezas e versos

#

Esse poço minha amiga Verônica

Tem a profundidade de muitas vidas

Cicatrizes de densas feridas

Divididas alegrias

Misturadas com angústias

A soldo de sacrifícios

Mas, jamais será um precipício

Desde que o poeta descubra os indícios

De rimas, orgasmos e dívidas

Nas sombras e luzes da vida

Na água mais funda e pura do poço

Vê refletido o próprio rosto

Em cada eco dos versos

Em cada quina das rimas

Em cada reza e promessa

E as vezes faz das crendices uma festa

Então faz da tristeza poemas

E da alegria canções

Semeados ao povo em seus

Corações!

#

Ademário da Silva

28/fev./2015.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: