Este Blog tem a finalidade de divulgar estudos e aprendizados espíritas, tendo por prisma de visão Allan Kardec.

Reflexões sobre os tópicos 30, 31 e 32 da Gênese….

#

Deus é o Oásis onde nasce e vive a luz e o amor. E o universo a extensão infinita onde cada ser e cada mundo, cada vida e cada provação, assim como toda conquista e evolução, tem como abrigo a eternidade.

#

Criados simples e ignorantestodas as almas, tendo um mesmo ponto de origem, são criadas iguais, com idêntica aptidão para progredir, em virtude do seu livre-arbítrio; que todas são da mesma essência e que não há entre elas diferença, senão quanto ao progresso realizado; que todas têm o mesmo destino e alcançarão a mesma meta, mais ou menos rapidamente, pelo trabalho e boa vontade”.

#

Assim caminhamos todos segundo nosso livre arbítrio e vontade, semeando ou depredando, agarrados ao instinto corpóreo e por isso impermanente, mas que deixa marcas profundas de acertos ou desacertos ao longo da jornada evolutiva.

Sabemos que a distância mais curta entre dois pontos é a linha reta, mas sempre há quem prefira atalhos e curvas, há quem decida deixar pra depois e o que no presente vivendo seria menos dispendioso e sacrificante. Jesus, o Mestre do amor por excelência, Moisés e Allan Kardec são os frutos desse Oásis Divino, assim como todos nós, sendo que optaram pelos caminhos mais retos e por isso são os semeadores iluminados dessa Doutrina libertadora.

#

Moisés com sua magnífica mediunidade de efeitos físicos gravou na pedra as leis fundamentais contidas em ‘Os dez Mandamentos”, Jesus que na sucessão dos tempos vem demonstra-nos a síntese desses mandamentos resumidas em dois: “Amar a Deus sobre todas as coisas e de todo entendimento e inteligência e o segundo, consequência natural do primeiro: “Amar ao próximo como a si mesmo”, asseverando ainda: Eis toda lei e os profetas’.

E a semeadura Divina prossegue constantemente neste oásis infinito, oportunizando condições e recursos para todos os seres engendrados pelo Criador. Allan Kardec, mil e oitocentos anos pós a vinda de Jesus, sob a proteção do Espírito da Verdade, “que juntou em feixes a verdade dispersa”, é o preposto imediato que reuniu todas as condições necessárias a organização de tão extraordinária doutrina, chamada por ele de Espiritismo, que desde de 18 de abril de 1857 é o legado de luz em favor da nossa evolução. #

Desvendando de modo explícito, transparente e profundo as ‘leis divinas e naturais’ onde estão contidas a pluralidade das existências e a origem comum de todos nós, a lei das reencarnações enquanto fator evolutivo, as relações inapagáveis entre o mundo físico e o espiritual, assim como as consequências de nossa conduta neste direito imortal de ir e vir, ou seja renascer e desencarnar tantas vezes se façam necessárias a evolução, até que atinjamos o ponto de angelitude. #

E na maior magnitude compreendermos que somos filhos da luz

E nesse caminhar, aprender

Experimentar, vencer ou sofrer

Cair e levantar

Agir e se arrepender

Humilhar-se e evoluir

Entristecer ou sorrir

Libertar-se das tralhas do instinto humano

Responsabilizar-se por cada ato e pensamento

Sentir na alma o peso das sombras e desditas

Correr feito criança satisfeita e reconhecida

Nos quintais do universo

E em cada vida e em cada morte

Diminuir a sorte da inconsciência

Tomar ciência de si e abolir o orgulho

Se evadir dos entulhos do egoísmo

Se erguer do abismo das vaidades

Desenvolver as asas do amor e da luz

E alcançar a liberdade como abrigo

De guerreiro e vencedor

Sob as bênçãos misericordiosas do Criador!

#

Ademário da Silva

10/fevereiro/2015.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: