Este Blog tem a finalidade de divulgar estudos e aprendizados espíritas, tendo por prisma de visão Allan Kardec.

Imagem

Quem me dera… Eu fosse… (poeta)

***

Quem me dera um pedaço de lua

Brilhando nas minhas trilhas

Nas ruas da minha sombra

Que me fosse então mais guia

Que a dor que ainda me tomba!

***

Quem me dera um punhado de vento

A escorrer pelos vãos dos meus dedos

A desfazer o teor dos meus medos

Da minha vida tão pouca!

***

Quem me dera antigo Evangelho

No espelho imortal desta lida

Que fosse quem desse guarida

Aos desvarios da minha voz tão rouca!

***

Quem fosse então quem me dera

O tempo, a vida e o refrão

O vento, a lida e o coração

Quem deu estribilhos e letras

Vestidos em densa emoção

Criou as leis da subida

Que me levam pra outra dimensão!

***

Quem me dera na verdade eu fosse

O que trouxe e o que vou semear

Se eu fosse o doce da prece quem me dera

Sentiria na pele e na alma

Primavera em perfumes…  a perdoar!

***

Quem me dera poeta eu fosse

Que rimar soubesse verdades

Tirava do mel o seu doce

E intumescia o seio da liberdade!

***

Quem me dera poesia eu rimasse

Como quem timbra um bordão pelas cordas

Da vida, do destino e do tempo

Faria do refrão uma solda

A costurar o meu próprio sofrimento!

***

Quem me dera poeta eu fosse

Como foi Drummond e Cecília

Seria a poesia meu dom

Jamais essa doce armadilha!

***

Ademário da Silva…

08 de março 2014.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: