Este Blog tem a finalidade de divulgar estudos e aprendizados espíritas, tendo por prisma de visão Allan Kardec.

Imagem

A psicografia do meu filho Eduardo…

Centro Espírita Perseverança

*/* Vila Invernada * São Paulo.

 

Eduardo Ademário da Silva /=/ 23/03/1990 á 12/07/2012.

03/11/2013

 

Pai, mãe, amo vocês, Vanessa, Dani, Jana e toda a nossa família

Mãe to tão feliz de poder estar aqui e escrever mesmo porque se tivesse que escrever eu ia ter vergonha, mas como é só falar então beleza!

Mãe,  sei que você meio que já tinha sentido que eu tinha partido e eu poder falar pra você e pro pai,que eu to vivo e demais.

Pai quero te pedir desculpas, pela vergonha e pelo meu jeito impaciente, de querer tudo pra ontem, sem entender o teu jeito, que é o jeito certo, o jeito honesto, o jeito trabalhador de ser, sempre achava ridículo as prestações, e hoje sei que cada uma delas só valorizavam o teu trabalho e tuas conquistas,que eram sempre pra gente, né?

Hoje sei que só as conquistas com trabalho e dedicação é que valem, sei mãe que o resto é ilusão. Mãe não se preocupe parti pela bondade de Deus antes que eu  pudesse me comprometer demais, e agradeço a Deus por isso.

Mãe,  ouço sempre suas palavras, suas orações e o teu amor que me faz pensar e hoje eu te ouço porque não é só as palavras que ás vezes  quando você começava a falar eu já tava longe,eu ouço com teu sentimento de amor, e este sentimento que eu sinto me faz entender tudo melhor e ouvir coisas que eu nunca parei para escutar de verdade

Mãe eu sei que você queria me abraçar me prender no teu braço,que nem de criança Sei da saudade que você sente daquele molequinho enfezadinho e manhoso,que te derrubava com o meu sorrisão.

Mãe, te amo, meninas amo vocês, sempre me senti o rei em casa, o manda chuva, o chefão, mas sei que vocês é que por amor , me amavam e me davam boi. Gente to beleza!

Mudado mesmo, começo a valorizar mais as coisas de Deus, a aprender mais tudo mãe, pode ficar tranquila que eu to colocando minha energia, minha rapidez, minha impaciência pra aprender as coisas de Jesus. Amo vocês, e to bonitão do mesmo jeito.

Mãe não se preocupe com o que aconteceu deixa pra lá. O que vale é o hoje o que a gente sente de bom, é o que de certeza de que eu você o pai e as meninas tamo juntos!!!

Pai me orgulho de você, você sempre teve certo. Beijão. Fui! Eduardo…  

***

Médium: Alexandre. 

*** 

Meus comentários…

Filho Eduardo ‘Pizindin’ Ademário…

2012 onze de julho

Pedregulho no calcanhar do destino

Meu menino desce a ladeira da ilusão

E a misericórdia Divina põe uma linha de retorno

Em seus caminhos imaturos

E o muro é a morte que lhe tomba o corpo

Intervindo em seus passos

Injunções da vida

A notícia fica proibida por tempo inexplicável

Contradições e inverdades obscurecendo a realidade

O coração de pai e de mãe não acredita

E como ninguém desaparece a prece te revela

Os sonhos te mostram

O discernimento vacila

Consciência não aceita

Mas, a procura humana é desfeita

Setembro de 2013

Mãos espirituais indicam-me o caminho

Encontro-te num pergaminho já sepulto

Nós, seus pais e manas e lágrimas

Corações explodindo em nossos peitos

Mas, Deus sempre escreveu direito

Nós é que somos linhas impuras nas retortas das provações

Mas, a mediunidade é mãe da esperança

E tem tantas vias que a alegria se esparrama em emoções

Três de novembro e Perseverança, o Centro Espírita

Põe bálsamos na ferida e cicatriza a desdita

Menino continuas Pizindin e veloz como viveste

 Como se o tempo escorresse pelos vãos dos teus dedos

Num enredo de pressa

Mas, já nos fala de Deus e Jesus

De trabalho, dedicação e desculpas

Mas, filho nosso, a culpa é da imperfeição

O nosso perdão, a nossa emoção serão sempre as mesmas

Só há quaresma nas indecisões e inseguranças

Aproveite a Perseverança oportuna

E preencha sua conduta com atitudes renovadas

A fé é realmente estreita estrada, mas que leva aos páramos da luz!

Ficamos imensamente felizes e você viu isso naquela manhã de domingo em que as ‘vibrações necessárias’ te deram calma e discernimento e acolhido em nossos corações, amparados por esses magníficos amigos espirituais dedilhas a mediunidade e lava-nos os a alma com tua presença, tendo o amor como diretriz. Fala de si e fala de nós ampliando os laços num abraço fluídico carregado dessa saudade de mão dupla nos corredores imortais…

Saiba que o queríamos por mais tempo

Abraçá-lo mais um pouco

Sorrir com suas falas

No tempo e nas salas da vida

Mas, em não sendo assim por enquanto

Que o canto de amor dos nossos corações

Seja sempre a sua oração aprendida

Pra que no dia do reencontro

Todos, estejamos satisfeitos e sem feridas

Ou que as mesmas estejam cicatrizadas

Pelo mesmo amor em novas e nossas estradas…

***

Ademário da Silva…

04/novembro/2013.

*** 

Saudades traduzidas */*

 ‘Necessárias Vibrações’ = WWW.ademario.wordpress.com

Pensadores espiritistas traçaram a rota das provas e expiações no capítulo da escala espírita em o Livro dos Espíritos, localizando-nos a dor e o sofrimento na condição moral que nos engalana a alma ou deforma-nos a imagem em face das leis naturais, conforme a nossa conduta…

Um filho é alma antiga que visita-nos o tempo em busca de si mesmo e de parceria emocional e espiritual pra seguir seu caminho. Mas, como alertou-nos Chico Xavier: “Somos livres para decidirmos sobre nossos atos, embora nos tornemos escravos de suas consequências”.

Eis o que nos faz felizes ou desditosos neste tempo impermanente das reencarnações…

Ademário da Silva… Seu pai em muitas vidas pense nisto onde estiveres…

16/julho/2012

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: