Este Blog tem a finalidade de divulgar estudos e aprendizados espíritas, tendo por prisma de visão Allan Kardec.

 

 

Imagem

Senhor José

***

E agora José pra onde foi à maré

E eu que poucas vezes te vi, quase nem sei como tu és

Mas, do que fiquei sabendo tive certeza que sim

Com seu grafite impecável num risco de precisão

Teu passo elegante e cadente em seu modo sutil de viver

 Agora José pra onde foi à maré, areia precisa esquecer

A vida balança no tempo relógio da catedral

Quando dizias que sim, palavra de confiança

Fizesse sol ou granizo trazia na unha o pião

Sujeito apessoado, a mão na luta dos dias, o pé marcando esse chão

Sorriso franco e certeiro e o coração escorrendo o amor

Palavra dada valia moeda da própria razão

Segunda á sexta é peleja, que Deus mandou que assim seja 

Serrote, martelo e formão

Coragem, arte e atitude

Sacola de arroz e feijão

Mulher, filhos e filhas na côrte do coração

José, Maria e família nas bênçãos do tempo e de Deus

E como filho do tempo a vida pros filhos José deu

Os filhos trouxeram seus netos e os netos inventaram bisnetos

E o tempo em rugas lhe embrulhou

José que passou dos noventas o tempo silenciou

E hoje José é saudade, memória que o tempo escreveu

Jesus disse que na Casa do Pai, morada não falta á ninguém

José mudou foi de casa, cidade que aqui já não tem

E quem quiser saber de José que faça como ele fez

Que ame á Deus sem ter medo, segredo de quem bem viveu!

E eu que escutei esses versos que o tempo presente me deu

Risquei em rimas a saudade que a sua presença escreveu 

Elevo aos céus oração, sem pressa de terminar

E a poesia escrevendo,…  José que bom te lembrar!

José pra onde foi à maré?

Maré de vida sem fim nos braços do Criador

E Deus pensando em azul

José pensava no chão

E hoje José vive suspenso

Num lindo altar de emoção!

***

José Gomes da Silva viveu por aqui de 28 de agosto 1917 até 16 de fevereiro de 2010.

Senhor José um amigo, bom pai e excelente avô. Pai da minha cunhada e comadre Geralda Joana Gomes da Silva. Senhor José desencarnou em fevereiro de 2010.

Ademário da Silva

29/09/2013… 02: horas

 

 

 

Anúncios

Comentários em: "Quem fez o que devia, não teme a volta!" (1)

  1. Irmão Ademário, graça e luz.
    Os pais nos são eternos – o reencontro com eles é certo!
    A paz sempre em seu coração!
    Um abraço fraternal
    Semíramis

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: