Este Blog tem a finalidade de divulgar estudos e aprendizados espíritas, tendo por prisma de visão Allan Kardec.

Mulher

Gurreira, simplesmente...

Liberdade de ser mulher...

***

Feminina raiz da vida

Unguento capaz de curar todas as feridas

Voz da Divina Bondade na esteira da eternidade

Maga, musa, menina e mestra.

Destra de todos os destinos

***

Vez e voz da vida e do tempo

Força que a natureza incide em raios de luz, amor e beleza.

Hoje se gradua em liberdade, amizade e atitude.

Mesmo com todos os versos

Mesmo com todos os gestos

E ainda se fizesse todas as preces e adentrasse todos os templos

E fosse capaz de todos os rituais

Aprendiz de obediência e resignação

Minha oração seria a metade da louvação

Se te dissesse obrigado, se fizesse seus gostos seria só obrigação.

***

A vida é teu templo

A força tua razão

O amor é a luz que emana do teu coração

Meus respeitos tem que ser os meus sentidos

Meu destino se abriga em seus gestos e ideais

Minha rebeldia gerou-te dores e desacertos

E no concerto das mudanças suas tranças ainda são minhas rimas

E a poesia da compreensão tem que ser parceria

No colo da cumplicidade

***

Por que serás sempre tal como és

Amiga, menina, musa e magia, encanto e alegria, Mulher.

Oito de março é pálido gesto diante da tua magnitude

A minha atitude não é só pensar em ti, viver contigo apenas,

Como irmã, amiga, mãe e amante,

Mas, principalmente com a grandeza do seu Ser…

***

Ademário da Silva *** 03/março/2011

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: