Este Blog tem a finalidade de divulgar estudos e aprendizados espíritas, tendo por prisma de visão Allan Kardec.

RESPOSTAS AO LINCOLN

Tia e sobrinho no mesmo diapasão emocional...

Corações que se entendem desde ontem...

***

É meu amigo-sobrinho Lincoln, a consangüinidade é uma doce ilusão, um afago da imortalidade, no rosto da responsabilidade, na consciência da obrigação de cada um… No seio da imortalidade não somos parentes nos moldes humanos, mas espíritos que se gostam mutuamente, por isso os encontramos em casa e fora de casa também…

Nos desertos de provas e expiações o carinho de Deus é um oásis de reconforto, de harmonia e reequilíbrio, que a cultura e os condicionamentos humanos convencionaram chamar de FAMÍLIA, que é o jardim e pomar onde se desenvolvem as sementes da vida…

Pela ótica da imortalidade a família é constituída por um grupo de espíritos afinizados pela luz ou pela sombra, por dores ou sofrimentos e também por feitos e conquistas…

Das oportunidades de renovação de valores e condições emocionais, morais e espirituais, das quais todos nós somos carentes e necessitados, pois que, imperfeitos, endividados, comprometidos nos prismas individuais e coletivos, e a família é o croqui da amplitude universal e da eternidade…

***

(“Qualquer um pode contar as sementes em uma maçã, mas só Deus pode contar o número de maçãs em uma semente.” Robert H. Schuller)

***

A família é a primeira maçã, que felizmente a “Eva” não comeu e o “Adão” é cada filho, qualquer pai, irmão, sobrinho e primos, amigos, enfim qualquer homem que carregue em si ás probabilidades da recriação e do bom senso e respeito ás Leis Divinas e Naturais instituídas pelo Criador na magnitude do tempo e da reencarnação…

E toda Eva foi princesinha do papai, adolescente e sonhadora, do lar e professora, hoje é prefeita e até juíza, mas acima de qualquer coisa ou situação é uma pessoa, uma mulher que a natureza precisa, que a vida requer e a educação e a transformação social exige, para que o mundo inclusive alcance outro patamar evolutivo, de provas e expiações para mundo regenerado…

E como nos ensina um provérbio Africano: “Borboleta que voa rente aos espinhos corre o risco de rasgar as próprias asas!” (Ainda uma vez, a África, minha mãe, minha amante, a negra mais bonita que o tempo desenhou…)

Um dia é sempre mais importante que os anos, pois que neles sementes germinam, raízes se aprofundam, flores se abrem e frutos amadurecem na escala das necessidades próprias, medidas por Deus…

E na medida da imortalidade o tempo é único e imutável, só trazendo a ilusão de passagem, de presente, passado e futuro na modalidade humana, vida e leis transitivas; tal como nos ensinou Platão: “O tempo é um momento movediço na envergadura da eternidade”

O que se nos mostra que a nossa consciência é que tem que ser multifocal…

Estando, mesmo de longe

Ficando bem mais perto dos corações

Pelas tranças das emoções

Mas, um aperto de mão, um olho no olho

Nos refolhos das obrigações

Por que todas as plantações precisam de canteiros

Desde os brigadeiros até os recrutas

A luta é do bem contra o mal

E por que somos da vida o sal

O prazer gustativo espiritual

Tem ponto e tom personal

Por que cada consciência só por si evolui

Isso inclui todas as pessoas na conjugação dos verbos essenciais

Perdoar pra reconstruir

Reconstruir pra se libertar

Amar pra se renovar

Renovar os próprios sentidos

E renovado amar-se assim como ao próximo

***

As distâncias o pensamento estreita

E a receita propõe doses de conduta e coragem

Na viagem da evolução

A Espírita Doutrina não é uma dijina

A nos pedir mantos e rituais

Santos e serás…

Mas, a luz, que não se esconde nos túneis

No entanto acende a amplitude consciencial

Enquanto fruto do garimpo de cada um

***

Meu caro amigo feliz aquele que distribui o que tem

Que ensina o que sabe sob o sabre do sacrifício

No frontispício da fraternidade

A verdade, mais linda iguaria, no banquete fraternidade

Desnuda e pura jóia que a consciência é o escrínio

Fascínio que a ilusão desconhece

Como disse meu pai na psicografia:

“Filho, preste atenção em sua vida, olhe á sua volta,

Talvez veja coisas que o surpreenda

E eu acrescento:

A renda tem que ser espiritual

A desnutrição do mal, recrudescimento das más emoções

O apagão nos erros

A consciência de desterro

Nas terras de provas e expiações

Num projeto de “faça você mesmo”

Que a hora é essa

A reencarnação é essa

A dor é sua como tua é a vida

Cicatrize a ferida, mas não perca o modo de operação

O coração não se resolve só com safenas

Mas, com pontes de alegrias e certezas

Na mesa da consagração…

***

Lincoln meu sobrinho, a vida é instituída por Leis Divinas

E a sina é a evolução

O destino oportunidade

E a felicidade é a libertação

Do antigo pro agora

Egrégora de metamorfose

Em doses de tempo e simplicidade

Assim meu filho, seu tio já ensaia os passos de retorno

Meu tempo se esvai numa ampulheta de areia

E a veia da física vida já seca no plantão

Mas, meu coração deixa de ser promessa

Pra ser a guia de uma nova emoção!!!

***

Que Deus te abençoe sempre

E Jesus seja seu guia nos seus dias, nas suas agonias

E principalmente nas suas alegrias…

***

HÁ FLORES  VIVENDO EM DESERTOS CUMPRINDO DESTINAÇÃO

Estas flores, espiritualmente falando são as que optaram para que assim fosse e de um modo lúcido e inteligente; e outras levadas pela polinização espiritual do destino á que estão comprometidas… O que quer dizer que todo resultado alcançado em nossas vidas é fruto das nossas decisões, por isso somos auto herdeiros…

Um abraço fluídico de saudade…

O tio Ademário…

18/setembro/2010

***

(Lincoln é filho de Ezequiel Ademário da Silva (meu mano caçula) e Solange da Silva)

A família que o Linconl ama e navega atualmente...

Filiações a afinidades necessárias...

Á guisa de informação. O Google sempre ajuda…. hahahahahaahahaaaaa!!!!!!!!

***

(Definições de Egrégora na internet:

  • Egrégora, ou egrégoro para outros, (do grego egrêgorein, Velar, vigiar), é como se denomina a entidade criada a partir do coletivo pertencente a uma assembléia.
    pt.wikipedia.org/wiki/Egrégora
  • Conceito espiritualista moderno segundo o qual a conjunção de pensamentos de um grupo forma uma espécie de entidade viva e invisível, capaz de auxiliar os membros de tal agrupamento
    pt.wiktionary.org/wiki/Egr%C3%A9gora
  • forma-pensamento criada por um grupo de pessoas, que pode ser desde um grupo de Magos de uma mesma Loja Mágica até uma comunidade toda, até mesmo uma sociedade inteira. Segundo definem os Thelemitas, é uma forma-pensamento ou semelhante, criada por um Mago, e adotada por outro ou outros.
    mortesubita.org/jack/alta-magia/hermetismo-e-cerimonial/curso-de-magia/definicoes-basicas-das-entidades-spitiruais
  • (rosa crucianismo) – Atmosfera espiritual. Energias, faixa sintonizável e “astral” médio referente a uma pessoa, um casal, um local, uma instituição, um ambiente, uma cidade, um país, etc.
    www.iadh.com.br/glossario.htm
Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: