Este Blog tem a finalidade de divulgar estudos e aprendizados espíritas, tendo por prisma de visão Allan Kardec.

O Amor!

A consciência de ser é que te faz feliz em qualquer hora ou qualquer dia

Amor tem que ter amizade, cumplicidade e parceria

Uma relação amorosa, afetiva ou amistosa

Tem que saber do tempo, da velocidade e dos horizontes

Amor, por não ser só sensação, mas sentimento é maior que todos os momentos

Se dá bem com a felicidade sendo força contra a adversidade e luz na contrariedade

O amor além de sentir, pensa, raciocina e reconhece e quando deve perdoa

Mas, quando pode ressoa nos passos, nos olhos, no riso, nos gestos e no gosto

***

O amor é carícia que afaga a alma, é a calma ante o inesperado

Um bom bocado de sorrisos, água de chuva no verão

Confiante e sem carência é a ciência da compreensão

O amor é reza, rito de entrega nos lençóis da emoção

Ah! O amor não tem medida é fruto que nasce com a vida do coração

E amadurece nos canteiros do tempo

Em seus efeitos não tem magia, segredos, mistérios ou fantasia por ele ser essencialmente real

O amor não é feminino ou masculino por ser vibração do espírito

Ele é imortal e infinito, sereno e decidido, silente e companheiro

O amor é ser e estar, falar, cantar, conjugar e tecer, fazer e recompor

É o verbo de ligação conjugando pessoas no tempo da evolução

Sempre presente sem ser oblíquo na sensação!

Uma lei natural a conduzir todos os seres

***

O amor não é uma ilusão e nem se restringe à gotas de sensação

O sonho e a imaginação não tem parâmetros da sua concepção

É um perfume que a alma exala  quando essencializa prazer e devoção

Como a brisa à temperar a velocidade da temperatura!

Não é clausura à restringir o coração

É harmonia, é equilíbrio e consciência de amar ao próximo sem se anular

É o perdão que economiza dor e sofrimento e provação

Seu pensamento de proteção magnetiza a intenção!

***

Os idiomas, adjetivos, composições

A poesia, literatura e todas canções

Que são romances, inspirações, intuições

Traduzem falas, personagens e intenções

E mesmo assim refletem sombras dos corações

E alguns lapsos de iluminadas emoções!

***

Nesta matéria é cafuné também carícia,  primazia de emoção

Mas, transitivo sofre os efeitos das estações

Desde a infância, adolescência, maturidade, terceira idade

Então ternura, imaginação, realidade e devoção

O amor é a luz que acende a vida em qualquer dimensão!

O amor é tudo o que se imagina, o que se sonha e se concebe

Quando se pratica, se realiza e se circunscreve

A simplicidade, realidade e a devoção!

***

Ademário da Silva

São Paulo, 19 de março de 2010

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: