Este Blog tem a finalidade de divulgar estudos e aprendizados espíritas, tendo por prisma de visão Allan Kardec.

Lembranças…

Nos mais variados semblantes
Nestes momentos de agora, ou de antes…
Em todos os instantes
Como se fosse uma rima
teu perfil de menina que tem os olhos brilhantes
Vem de um passado distante
se mostrar como antes
diamante infindo!
***
Ai… O passado é presente em seus gestos de sempre e…
Ainda mesmo em modo inseguro
Pois o futuro risca á giz
paralelas de luz,…  tão lindo!
***
E essas pedras do chão,…  emoções doloridas
Que outras vidas nos deram,
e os corações agora esperam
pelo fim das partidas, despedidas e dor!
***
Ai… o amor vai falar,.. do que foi e do que é
E o que será que vai ser… Amor…
Cicatrizar a saudade em tantas e plenas verdades
Que a imperfeição… perca o sentido
Não dê mais ouvido ao instinto
das sensações materiais!
***
Vou me lembrar de você,… outras vidas sem ser iguais, quais…
livros empoeirados, nos instantes perdidos
Ventos corridos não refrigeram, as minhas…
rimas silentes
E esses versos quebrados, paisagens…
sem pedestais!
***
Vou me lembrar de você
enquanto meu coração…  pulsar, amor… 
E nas batidas do tempo, quando reencarnar
Um novo amor vou rimar
Procurando você…
Um novo amor vou rimar!
***
Amizades fazer
Afeições vou tecer
Afinidades crescer
Então rimar novo amor
Como flor…  perfumar,…  os
jardins do destino
Um novo amor vou rimar
E se você,…  eu achar…
Um novo amor vou rimar!

Ademário da Silva **** 25/fev./2010

 

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: