Este Blog tem a finalidade de divulgar estudos e aprendizados espíritas, tendo por prisma de visão Allan Kardec.

Antiga saudade

A saudade é a luz do reencontro...

A saudade é a luz do reencontro...

Alma querida

Que viveu por muitas vidas

Entre a sombra e a tempestade

Nos meus versos uma saudade

Num enredo afinidade

No meu tempo uma canção

Hoje se enfeita de luz num designer humildade

Numa expressão tão serena

De imperecível beleza e verdade!

****

Meu coração navegando nos mares da intuição

Reconhece o teu semblante

No calor do coração

Em seus tons tão consoantes

Predicativos da emoção

É essa saudade como um verso adolescente

Que o tempo recorrente

Não apaga da razão!

****

Vivo sonhando como flor na madrugada

Estrela acesa, lua nova

O orvalho molha a rosa

Consagrando o reencontro

Estou pronto em minhas rimas

Como nota em partitura

Obedecendo a vida em seus compassos

Sob o sol do meu destino, apesar dessa clausura

Intuição é uma janela nos portais da eternidade

Guardiã, essa entidade, semente de saudade

Amiga, essa alma, flor de uma amizade

Antigo esse amor, cor da imortalidade

Saudade guardiã

Perfume do amanhã

Corações que se identificam nos ideais da evolução

Afeições e afinidades no calor de expiações

Hoje é rima de verdade  sob o sol de obrigações!

Ademário da Silva *** 16/outubro/2009

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: