Este Blog tem a finalidade de divulgar estudos e aprendizados espíritas, tendo por prisma de visão Allan Kardec.

Adversidades

Enquanto a Maria da Penha

Põe lenha rala em fogo brando

O desmando come solto nos becos

E a preço de sobrevivência

A subserviência desbota a feminilidade

E nos guetos da maldade a mulheridade

Sofre o suprassumo da violência

E nos desvãos da indecência

O desrespeito é o estupro do orgasmo livre

Que entra em crise de traumato-emoção

A mesma mão que acaricia

Sevicia e abandona mãe e criança

Herança de doentio machismo

Desmando, hipocrisia e brutalidade

Direitos humanos ou homem/inumanos

Séculos e milênios unilaterais

Á serviço de estranha repressão

Contra a mulher que é mãe

Esposa, amiga e irmã

Sem ela vida não seria só sem graça

Precípua desgraça da extinção

A médica, a professora e a juíza

Balizas da sensatez

A mulher engenheira, sensitiva e nutriz

A mulher que canta, encanta e dirige

A mulher que ama, que ensina e corrige

A mulher que é vida

Como se fora cicatriz

Na consciência do tempo

A mulher que é a voz do ventre que emoldura a vida

Num país que tem sujo os porões

A mulher que é a vida e que da vida sempre foi

A mulher criança á ser protegida

A mulher que a lei não protege

A mulher erege no templo da contradição

A mulher amiga que como prece tece-nos os caminhos de volta e de ida

A mulher do tempo

Do amor

A mulher da minha vida!

E se apurarmos a matéria

A coisa fica muito mais séria

Enquanto espírito imortal

O sexo é instrumento transitorial

Que a velhice o torna sem sal

E a vida é sempre a mesma tenda

Onde brota a alegria ou a corrigenda

Na senda da reencarnação

O amor jamais será paixão em desequilíbrio

Mas, o encontro entre dois corações

Que pulsam sentimentos análogos

Em permanente diálogo de emoção

Cujo verbo regular é o respeito

Conjugado livremente

Em seus tempos e modos plenos

No presente do indicativo, vivo

Transitivo direto

Afeto em doação

Jamais, obrigação ou imposição

Senão perde o ser a sua razão!

Ademário da Silva 25/setembro/2009

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: