Este Blog tem a finalidade de divulgar estudos e aprendizados espíritas, tendo por prisma de visão Allan Kardec.

Ação e reação

Diz a sabedoria popular que “não se deve mexer com o que está quieto”, por que a reação é o reflexo espontâneo da ação.

Se for uma flor ela perfuma

Se for um vento ele desarruma

Se for um espinho ele espeta

Se for um verso, lembra o poeta

Se uma saudade lembra uma canção, um semblante, um amor, uma alegria e uma emoção, ou quem sabe, tristezas e decepções

Se for um gesto acalenta

Enquanto carinho o coração se nos esquenta

Se for um abraço faz lembrar o aconchego

Um susto com certeza aciona o medo

Uma carícia lembra um chamego

Se for um amor, acorda um coração

Se for uma brasa acende uma chama

Se for uma mulher branca, saudades arianas

Se for uma mulher negra, saudades africanas

Uma mulata fagueira, saudades brasileiras

****

Uma amizade com certeza lembra emoções conjuntas, afins e de causas iguais.

Se for laço intuitivo e afim com aura de querubim nos terços e rimas

Traços e carícias anímicas além das químicas transitórias e sistinas

Quase mediúnica nos reencontros a amizade lembra outros quintais

Imagens e passagens espirituais

Descritas pelos afetos e risos em tons imortais

Pelos olhares cúmplices, sérios ou concisos

Trazem como abrigo o pensamento, a emoção e a certeza

No canto dos lábios um sorriso de alma afim

Vivem no meio do tempo, no meio da vida e dos caminhos

E assim sem voar pelos ares ou atracar em qualquer cais,

Os amigos vivem nos mesmos arraiais.

****

Se a amizade for uma brasa a gente assopra e acende um coração

Se for um abraço, faremos um país

E enquanto fala seu verbo emoldura todos os tempos e modos

Só não aceita os verbos irregulares, anômalos ou imperfeitos

Amizade não mora no peito, mas, num cantinho da alma

Na palma de uma mão

Na concha de um sorriso

Apóia-se nos braços da esperança

E se acomoda, cantiga  de roda, no calor de um abraço

E caminha como criança sem medos ou preconceitos

Por saber e sentir que o direito é comum…

****

Em seus efeitos de luz da afinidade

Algo me diz que a força da amizade

Só brota em terreno propício de verdade

Algo me diz que o amor em seus caminhos certeiros

Não leva nenhum sacrifício

A vida não guarda da dor

Sementes, nem mesmo resquícios

A emoção apurada que se alcança em meios aos afins

É sol que germina todas as plantas diversas como, avencas, salgueiros e alecrim!

************************************************************

Ademário da Silva. S.E Facho de Luz e Caridade.

São Paulo, 03 de novembro de 1995.

Versos de ontem retocados hoje pela intuição que a saudade apregoa, me fazem vibrar feliz pelos amigos que os inspiraram:

Marcílio Expedito Rodrigues e Sueli Aparecida Sanchez que me são referências emocionais amigas e imortais…

23/maio/2009

Anúncios

Comentários em: "Versos que a amizade escreveu!" (1)

  1. ademario disse:

    Marcílio, ou simplesmente ‘Lillo’ e a Sueli ou simplesmente ‘Su’, são amigos na esteira que a imortalidade teceu e que estão presente em minha vida há muito tempo. Ela desde o ano de 1985 e ele desde 1992.
    Em 1995 eles, combinados entre si, me presentearam no dia do meu aniversário, levando-me para assitir um show do Martinho da Vila, lá na casa de shows “Terraço da Vila Formosa”.
    Martinho que desde algum tempo é embaixador da cultura de Angola para o Brasil… E que tem uma discografia ainda quase desconhecida dos brasileiros. Criada de um modo temática, não é só de músicas comerciais, carregando motivos e ideais muito profundos em suas inspirações…

    Salve Lillo!
    Salve Su!
    E salve também o Martinho…

    23/maio/2009

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: