Este Blog tem a finalidade de divulgar estudos e aprendizados espíritas, tendo por prisma de visão Allan Kardec.

Idéia espírita

“Paz seja convosco; assim como o                                        Pai me enviou, também eu vos envio

a vós.” – Jesus – João, 20: 21.

“Ide, pois, e levai a palavra divina; aos grandes que a desprezarão, aos eruditos que exigirão provas, aos pequenos e simples que a aceitarão; porque principalmente entre os mártires de trabalho, nas provações terrenas, encontrareis fervor e fé. Ide; esses receberão com hinos de gratidão e louvores a Deus, a santa consolação que lhes levareis, e baixarão a fronte, rendendo-lhe graças pelas aflições que a Terra lhe destina.

Arme-se a vossa falange de decisão e coragem! Mãos à obra! O arado está pronto; a terra espera; arai!

Ide e agradecei a Deus a gloriosa tarefa que Ele vos confiou; mas, atenção, entre os chamados para o Espiritismo, muitos se transviaram; reparai, pois, vosso caminho e segui a verdade.”

(O Evangelho Segundo o Espiritismo, Capítulo XX, item 4)

A idéia espírita

A idéia espírita é uma luz acesa nos horizontes de todos olhares, acima dos alqueires e proibições ou limitações, que imponham dificuldades aos mais simples e destituídos de recursos ou talentos, que lhes impeçam o entendimento e conseqüente vivência do aprendizado libertador.

A moldura pedagógica encimada por Allan Kardec no Livro dos Espíritos é molde exemplar e seguro na ministração do conhecimento ao alcance de todos.

O arcabouço básico de perguntas e respostas e a divisão em capítulos sincronizados numa seqüência lógica dos temas abordados, possibilita o aprendizado individual e coletivo em alto nível de aproveitamento…

É uma idéia que esclarece, explica e saneia, ou seja, ao mesmo tempo que ensina, elimina dúvidas e condicionamentos anteriores, nascidos de outros sistemas de aprendizados que bitolam e cerceiam o livre raciocínio e o pensamento, que postulam dogmas e normas incompatíveis com a evolução individual e coletiva…

A idéia espírita liberta por que extingue as sombras da ignorância. Esclarece por que oportuniza acesso irrestrito á todos que por ela se interessam.

Explica por que parte do simples para o complexo em passos medidos e iluminados pela fé raciocinada, baseando-se na trilogia fundamental que é ciência, filosofia e religião.

Saneia ao ampliar-nos o entendimento, eliminando por isso crendices e rituais, misticismos insensatos, libertando-nos de idéias preconcebidas, de aceitações tácitas e impensadas, ou melhor, nem pensadas…

A idéia espírita é o caminho estreito que assegura-nos a chegada dispensando-nos de promessas ou indulgências, por que mantém suas portas e páginas abertas sem degraus desnecessários, ou labirintos impedindo o livre acesso.

“Espíritas amai-vos, eis o primeiro ensino; Instruí-vos, eis o segundo!”

O tempo e o modo do verbo utilizado pelo Espírito da Verdade na construção do pensamento basilar e orientador são extremamente imperativos no sentido de ordem, conselho e orientação. Pois ele expressa o desejo de que com a instrução adquirida, o modo de ser e interpretar a vida se modifique, para cada um, na direção da luz que soluciona e apascenta, na proporção do conhecimento que liberta pelas portas da compreensão… Nisto a idéia espírita é plenamente libertadora permitindo realmente que cada consciência evolua por si…

Seguindo pelos caminhos da história –

Jesus demonstra os resultados: “Sóis deuses!”;

O Espírito da Verdade indica a coordenada de ascensão: “Instruí-vos”

Jesus afirma: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida!”

O Espírito da Verdade prova que pra achar o caminho é preciso ter luz; pra alcançar a verdade o conhecimento é o caminho, e, que a soma de conhecimento e verdade é que nos permite encontrarmos a plenitude da vida.

Por isso, levar a palavra divina implica numa atitude de coragem e coerência compatíveis com o caráter e a nobreza da Doutrina Espírita, conforme o mestre Allan Kardec se nos demonstrou em todos os quadrantes de sua pedagogia iluminada.

Coragem pra se vergar diante dos ventos tempestuosos de oposições sistemáticas, sem, no entanto se quebrar diante de críticas e insinuações indevidas próprias daqueles que fogem da verdade e, procurar lançar sofismas ao trabalho do próximo…

Coerência com os postulados espíritas fincados no prisma kardequiano, mas, abertos á novas verdades comprovadas pela universalidade dos ensinos dos espíritos superiores.

Arme-se a vossa falange de decisão e coragem! Mãos à obra!

“A vossa falange” representa a comunidade espírita reencarnada neste momento no mundo, responsável direta pelo movimento de aprendizado e divulgação do Espiritismo no tempo e no espaço.

Decisão é força que nasce no seio do conhecimento…

Coragem é a força da fé que sustenta um ideal…

Mãos á obra é o trabalho que se nos compete fazer enquanto tarefeiros de última instância, mas, á quem muito foi dado e de quem muito será exigido e cobrado pela oportunidade de luz que nos é oferecida…

Ademário da Silva **** 03/maio/2009

Soc. Esp. Facho de Luz e Caridade **** SOESFALUZCA

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: