Este Blog tem a finalidade de divulgar estudos e aprendizados espíritas, tendo por prisma de visão Allan Kardec.

Sonhar Ser

Se da luz eu fosse o clarão

A viver livre das chamas

Iluminava essas sombras

Só pra ver ruir os dramas!

Se do amor eu fosse a essência

Colorindo os lençóis imortais do tempo

Destruiria com certeza e conhecimento

A raiz do sofrimento!

Se da flor fosse eu o perfume

A evolar-me pelos ares

Espalhava os meus odores

Só pra dirimir todas as dores!

Se da fala eu fosse a rima

Atrevida e sem fronteira

Viveria a vida inteira

A trançar palavra e sina!

Se da palavra fosse o conceito

Predicado e flexão

Com certeza minha oração

Seria de paz e harmonia

Seria louvor, amor e perdão

Seria a luz de um verso quase perfeito!

Se da canção fosse o compasso

A fluir pela harmonia

O meu tom seria abraço

Sustenido de alegria!

Se da amizade eu fosse afeto

Abundante e bem comum

Nas terras do coração

Desamor,… não tinha nenhum!

Se da atitude eu fosse a coragem

E do movimento eu fosse o impulso

A dor do mundo não seria se quer um susto

Seria eu o que preciso

Tendo apenas o necessário

Trabalhador de todas as horas

Conquistando luz como salário!

Ademário da Silva. 22/08/91.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: