Este Blog tem a finalidade de divulgar estudos e aprendizados espíritas, tendo por prisma de visão Allan Kardec.

Lucinvitro!  

Flertado pela luz, abri minha emoção

Cheguei à conclusão

Que o amor não me conduz

 Pela minha imperfeição!  

Sei que sou um ser inconsciente

Errante, ainda preciso caminhar!

Venho de um tempo incongruente

Mais crente, do que posso duvidar! 

 A dor e o sofrimento

São cicatrizes atrevidas de uma mesma obrigação

Que a vida só por si Não consegue apagar!

Na prece, na promessa ou na magia.

Não se encontra solução

Viver é muito mais, que o tempo passa.

De graça não se consegue evoluir!  

Por isso o Pai da Vida

Dá-te tudo, a própria vida e o tempo todo.

O pensamento, uma estrada e o coração!   

A consciência se incandesce com os gravetos do caminho

E a lavoura do destino se enriquece com o plantio, a colheita e o sacrifício

Os precipícios, as vielas e os becos sem-saídas

Avenidas de uma estranha contradição

Resíduos comburentes que acendem a luz ardente,

Da fogueira-evolução!  

Ademário / 01-09-2006. Revisada em 21/01/2008       

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: