Este Blog tem a finalidade de divulgar estudos e aprendizados espíritas, tendo por prisma de visão Allan Kardec.

Pensamentos

Espelho de mudanças reais...

Espelho de mudanças reais...

“Não há caminhada fácil para a liberdade.”
(Nelson Mandela)

A ignorância é uma prisão,

O egoísmo é uma clausura,
A vaidade interdição,
O orgulho é um abismo.
Entre o ego e a emoção!

A consciência é uma estrada entre pedras e perigos.
A atitude pessoal é gesto exíguo, mas decisivo, na transformação
necessária.
A inércia, imensa penitenciária, nas profundezas de Si mesmo.
Cada passo um avanço, cada descanso um atraso.

A luz só se alcança em cada letra que se retém,
O cérebro é uma galáxia de neurônios, a espera da luz da atitude.
Ilumine o teu cérebro, pra que tua alma encontre o caminho pra sair
da escuridão!
“A inconsciência é a ignorância de Si mesmo.”

Deus te deu os gravetos e, acendestes a fogueira,
Deus te deu água e, saciastes a sede,
Deus te deu cereais e frutas e, matastes a fome,
Deus te deu a argila, o minério e a madeira e fizestes moradia,
Deus te deu o coração, os sentimentos e a razão e, no entanto,
Vives no emaranhado da própria escuridão.

Queres o poder, a fama e o domínio,
A obediência, os títulos humanos e a fartura,
Queres ser amado como se fora um deus
Sem saber o que significa um grão de areia,
Deténs-te ainda entre as sombras do fascínio.

A mesma luz que dá brilho ás águas dos rios e da cor flores e folhas,
E diminui as sombras da noite,… clareia os dias da tua vida.
Respeite a natureza humana, pra descobrires os segredos de Deus.

Sinta, respeitando o coração alheio.
Pense sem desdenhar da inteligência do próximo.
Viva sem prejudicar a vida dos outros.
Ame a Si mesmo pra que consigas afeiçoar-se ao teu igual.
Instrua-se pra que não temas segredos ou mistérios.
Cada consciência deve construir a própria trilha.
Não temas o que desconheces, procure conhecer o que te intimida.

A vida surge como efeito da harmonia do Universo,
Num verso do Amorável Criador, cujo Amor é poesia Eterna,
Á erradicar os resíduos da dor!

A dor que emociona no parto apenas emoldura a beleza da vida.
A dor que enclausura no câncer transfigura a escuridão da alma.
A dor sempre encontra motivos pra modificar a resistência á luz.
A dor não precisava existir, se o orgulho não lhe servisse de
placenta.
Mas não deixa de ser um caminho, para aquele que se meteu em
tormentas.

Mas a oportunidade sempre se renova para aquele que encontra a Si
mesmo.
Por isso não adianta adiar, se omitir ou estacionar.
Pra que não tenhamos a dor como fator compulsório de progresso,
Caminhemos com consciência e lucidez, cumprindo deveres e obrigações,
porque lazer e turismo não são estâncias de acesso livre á espíritos
desarmonizados.
Até por que lazer é o prazer de amar e beneficiar o próximo
Enquanto o turismo é a esteira dos trabalhos mais elevados.

Ademário da Silva. 10 de setembro de 2005.
00h15minhs.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: